Ancestralidade

Vem de longe, MULHER, a tua história, Da alvorada do tempo, em expansão. Entre feras e medo e ramaria, Foste fêmea e mãe, na escravidão. Sob malvada e...

Mãe

Olhar terno, voz macia, mão suave Encosta ao peito consoladamente O seu menino que é tão diferente De todos os outros Cobre-o de longos beijos Largo e fundo abraço Penteia...

Em Abril

Em abril foi como se fosse em Santa Luzia, o monte, manhã de claro sol e bonançoso mar. O ar estava despoluído, o horizonte ilimitado e o verde, o verde nem azeitona, nem esmeralda, o...

Cravo de Abril, murchado

Cravo de Abril, seco murchado, Que fizeram de ti, flor da liberdade Durante 45 anos da tua linda idade? Hoje, não passas dum ser abandonado. Aqueles que te...

Pôr-do-sol

Mil diamantes sobre a água, a cintilar. Tremeluzem entre barcos, a navegar. A brisa vem do mar, a sussurrar, Diz-me em segredo: - o sol vai naufragar! Meus...

Dia do Pai – Homenagem Filial

Meu santo Homem a quem chamo Pai som que se esvai em névoa e nostalgia...! és o meu Herói, no pedestal do peito, que mais enfeito, quando...

Pouca terra… Pouca terra…

Da janela observava O comboio a passar Pouca terra... Pouca terra... À noite janelas iluminadas Desvendavam pessoas sentadas Que passavam a correr Muita terra... Muita terra... De dia braços, rostos à...

Alma de poeta

Esta alma livre e solta que trazemos, Que vive, mesmo quando se entristece, Floresce de quimeras... que cantámos E s´esconde entre palavras, se esmorece. A aura, discreta e...

Memórias e afetos – Qual a minha profissão?

Quando eu me finar, Não sei que ofícios me vão armar… A minha vida foi de tal modo vivida, Sonhada em catraio, existida, Onde não faltava a esperança Apetecida...

Agonia

A morte chegou, negra, ao chão desses montes. A vida que dantes neles fervilhou, Jaz, agora, em cinzas, entre sopros quentes E loucos gemidos, que o vento...

Tempo

Viana do Castelo, Portugal
céu limpo
9.3 ° C
11.7 °
6.7 °
87 %
2.1kmh
0 %
Dom
13 °
Seg
12 °
Ter
13 °
Qua
14 °
Qui
13 °

Últimas

A não perder: