Hoje, 13 de abril, abre o Wake Park. O equipamento situado junto ao hotel Feel Viana representou um investimento de 400 mil euros.

A estrutura, concessionada pela Administração do Porto do Douro, Leixões e Viana do Castelo (APDL), vai permitir a prática de Wakeboard e WakeSurf, através de um sistema de cabos ou através de uma embarcação. O novo equipamento vai gerar ainda a criação de seis novos postos de trabalho.

A criação do Wake Park vem aumentar a atratividade de Viana do Castelo nas vertentes do turismo de natureza e do desporto. José Maria Costa sublinhou, na apresentação do projeto, que os indicadores turísticos de que o município dispõe referem que Viana do Castelo tem crescido ao dobro da velocidade da região Norte e do país, tendo duplicado o número de dormidas, entre 2014 e 2017, para 267 mil.

O autarca indicou ter recebido a informação que algumas unidades hoteleiras estão com taxas de crescimento na ordem dos 37% e que os primeiros dois meses desde ano foram os melhores dois meses da última década.

O administrador do hotel FeelViana e promotor do Wake Park garantiu que existem três milhões de praticantes de wakeboard e wakesurf na Europa e que, através deste projeto, esperam reforçar a atratividade turística de Viana do Castelo e atrair milhares de pessoas por ano.

O presidente da Associação Portuguesa de Wake (APW), Luís Segadães, realçou que Viana do Castelo é a segunda região do país a dispor de um equipamento que

permite a prática daquelas modalidades quer através de cabo, quer de uma embarcação.

O responsável assegurou que o plano de atividades da Associação Portuguesa de Wake para 2019 vai arrancar, em Viana do Castelo, com a atividade Feel de Wake em Viana, entre 08 e 10 de junho, que contará com o apoio do hotel e da Câmara Municipal. Além da primeira prova do campeonato nacional de Wakeboard, de cabo e de barco, a ação integrará ainda ‘open days’ para dar a conhecer o desporto.