O presidente do Instituto Politécnico de Viana do Castelo (IPVC) confirmou hoje, à agência Lusa, que 14 pessoas, estudantes e docentes, estão infetados com o SARS-CoV-2.

“As 14 pessoas infetadas, a maioria estudantes, oriundos de vários concelhos do distrito de Viana do Castelo e de outras regiões do país, estão a recuperar em casa, não havendo relatos de situações mais graves da doença”, referiu Carlos Rodrigues.

O presidente do IPVC adiantou que os estudantes “estão a ser acompanhados, diariamente, pelos coordenadores de curso.

“Fazemos um acompanhamento com muita proximidade para que os alunos não serem prejudicados na sua atividade letiva”, referiu.

Até ao momento não há registo de funcionários infetados, o presidente do IPVC garante que, segundo “a rastreabilidade que as autoridades de saúde conseguiram fazer, o contágio não terá ocorrido em ambiente escolar”.

Carlos Rodrigues adiantou que “o registo dos casos de covid-19 está a ser feito, de forma sistematizada, desde a semana passada”, e revelou que “na próxima terça-feira o IPVC vai disponibilizar um boletim atualizado dos casos da doença para informar de forma transparente e rigorosa a evolução da doença”.

Os dados serão divulgados, “uma vez por semana, na página covid-19, criada em março no portal oficial da instituição na Internet”, sendo que “internamente os dados serão enviados para as escolas, duas vezes por semana”.

Segundo Carlos Rodrigues, o plano de contingência do IPVC inclui dois apartamentos, um situado na cidade de Viana do Castelo e outro em Ponte de Lima, para acolher alunos ou docentes que não possam regressar às suas casas.