Ontem, dia 27 de maio, ao final da tarde, o proprietário do Bar República, na Praça da Erva foi agredido na cabeça alegadamente por outro empresário da cidade e pelos seus filhos. A informação está a ser avançada pela Rádio Alto Minho.

O comandante da PSP de Viana do Castelo, Rui Conde,  explicou que caso ocorreu cerca das 18h na Praça da Erva, em pleno centro histórico de Viana do Castelo, na sequência de um desentendimento que terá tido origem na falta de espaço que a esplanada do bar explorado pela vítima deixou naquela área da cidade.

“Tudo terá acontecido porque a viatura de um dos alegados agressores tocou numa mesa da esplanada”, informou Rui Conde.

Chamados ao local, elementos da PSP identificaram os alegados agressores, que possuem um quiosque a poucos metros de distância onde aconteceu o incidente.

Naquele estabelecimento,  um dos agressores entregou aos agentes da polícia a réplica da arma e “uma faca que não terá sido utilizada na agressão” ao homem de 44 anos.

Rui Conde explicou que os três homens não foram detidos porque “nem a vítima, que ficou sem reação, nem as testemunhas no local, que foram apanhadas de surpresa pela situação, conseguiram identificar o autor das agressões que obrigaram a tratamento hospitalar”.

O proprietário do bar teve de ser suturado, devido à profundidade dos golpes na cabeça.