Os dois presumíveis autores da morte do jovem de 22 anos na Areosa na segunda-feira ficaram em prisão preventiva. A medida de coação foi aplicada ontem, dia 13 de dezembro, após o primeiro interrogatório que aconteceu no Tribunal Judicial de  Viana do Castelo.

Recorde-se que ontem a edição online do Jornal de Notícia avançava a detenção dos dois suspeitos e a apresentação dos mesmos em tribunal.

Os suspeitos, que terão 28 e 33 anos, foram transportados na manhã desta quinta-feira desde Braga, das instalações da Polícia Judiciária (PJ) para o Tribunal Judicial de Viana do Castelo.

Devido à greve dos funcionários judiciais o interrogatório começou mais tarde. Ainda se desconhecem as medidas de coação aplicadas.

Recorde-se que Vítor Coimbra foi esfaqueado ao final da tarde da última segunda-feira, na Travessa do Pico, na Areosa.

O pescador de 22 anos ainda foi transportado com vida para a Unidade Local de Saúde do Alto Minho, mas acabaria por falecer. O funeral realizou-se na quarta à tarde.