No próximo sábado, dia 19 de setembro, às 10h, a Ponte Internacional da Amizade, que liga Vila Nova de Cerveira a Tomiño vai ser palco de um “ato simbólico” a contestar a exploração de lítio na Serra d`Arga.

A ação consistirá apresentará de faixas em sinal de protesto contra o projecto de mineração que o Estado Português pretende implementar na Serra d’Arga e que, a avançar, poderá colocar em risco o desenvolvimento sustentável e o futuro de toda esta região.

“A consternação e rejeição que assola os portugueses perante um projecto de fomento mineiro altamente lesivo para as gerações presentes e futuras é comum a milhares – senão milhões – de cidadãos galegos, cuja vida económica, social e cultural é construída em torno deste eixo de conexão transfronteiriça”, referem os promotores da iniciativa.

O Movimento SOS Serra d’Arga encontra-se em contacto direto com várias associações galegas, no sentido de delinear ações de sensibilização e apelo popular para o envolvimento nesta causa comum. Dessa aproximação resultou um Manifesto, emitido no dia em que o Movimento SOS Serra d’Arga recebeu elementos dos coletivos galegos numa visita à Serra d’Arga.

A iniciativa do próximo sábado irá decorrer exatamente sobre o Minho, “o rio que nos une”, e é coorganizada pelo Movimento SOS Serra d’Arga e pelos galegos ANABAM (Asociación Naturalista do Baixo Miño), Centro Social Fuscallo e A Jalleira (Asociación Forestal e de Educación Ambiental), com o apoio das autarquias de Vila Nova de Cerveira e Tomiño, que se farão representar para uma saudação oficial entre as edilidades.