São quatro os antigos alunos do curso de licenciatura em Design do Produto do Instituto Politécnico de Viana do Castelo que decidiram colocar a “criatividade” para ajudar em tempos de pandemia provocada pelo Covid 19. Assim disponibilizaram um template gratuito que ensina como produzir uma máscara para proteção pessoas a custo muito reduzido. “Penso que não custará mais do que 10 cêntimos e é muito fácil de fazer com materiais que são muito fáceis de adquirir”, revela Emanuel Ferreira, um dos designers da DevelopKings, um grupo “pro bono” que desenvolve ferramentas gratuitas para criadores.

“A ideia foi criar uma forma extremamente simples que seja possível de ser feita com o mínimo de material e que possa ser realizada mesmo por quem não tem técnica ou experiência”, realça o designer de produto.

Como fazer a máscara em casa? 

“Aqui na DevelopKings também sentimos a necessidade de colocar a nossa criatividade para ajudar neste momento difícil e por isso criamos um template para que consigam fazer a vossa própria máscara Covid-19, que custará apenas 10 cêntimos”.

Depois, explica Emanuel Ferreira, “têm que imprimir o template e use-o para cortar uma folha de apresentação padrão A4 – folha de acetato, uma folha plástica mais rígida. Ela irá ajudá-lo a evitar fluidos corporais de outras pessoas e redirecionar a sua respiração para trás”.

Os designers revelam ainda que a máscara “pode ser lavada normalmente com sabão. A fita pode usar qualquer fita que tenha disponível em casa”.

A equipa disponibiliza-se ainda a ajudar quem precisar de ajuda na construção desta máscara e lança depois o desafio: “Compartilhe isto com seus entes queridos e se você construir uma, compartilhe suas fotos connosco”.

A DevelopKings

 “A Developkings é um projecto criado por uma equipa multidisciplinar de criadores (designers, engenheiros, fotógrafos…) que pretende tornar acessível a qualquer pessoa as tecnologias e técnicas de produção mais comuns, através de um trabalho bem documentado e fácil de construir DIY. As ferramentas e projetos são desenvolvidos com base nas solicitações da comunidade”.

Em suma, refere Emanuel Ferreira, “somos um grupo pro bono, desenvolvemos ferramentas gratuitas para criadores por entre outros projetos. O nosso grupo funciona a distância, online. Uns estão na Índia outros em Portugal e eu na Alemanha