A Associação de Defesa do rio Neiva vai recolher “Estórias de ambos os lados”. O projeto, que decorre até dezembro de 2021 pretende “promover a interação da comunidade local com as áreas protegidas na foz do rio Neiva”.

Desde setembro, que elementos da Associação recolhem “estórias” individuais e coletivas, “desafiando os participantes a contribuir para a construção de uma visão e narrativa comum deste território”.

“A riqueza natural da foz do Rio Neiva encontra-se ameaçada. A pressão humana, as espécies invasoras que dominam a paisagem, e as alterações climáticas, são alguns dos fatores que contribuem para fragilizar e reduzir a biodiversidade local”, refere fonte da Associação. Acrescentando que “apesar de parecer um problema distante e longe do nosso dia-a-dia, um ecossistema natural vulnerável traduz-se numa economia mais frágil, afetando a produtividade dos sistemas agrícolas e florestais locais e até o nosso bem-estar, através da nossa relação social, cultural e afetiva com o território”.

No final, a Associação pretende exibir um documentário, elaborar um livro e apresentar uma mostra fotográfica com as recolhas.

A iniciativa é elaborada pela Associação em parceria com os Municípios de Viana do Castelo e Esposende.

Foto: Site https://rioneiva.com/estorias/