José Maria Costa defendeu, durante a participação num ciclo de mesas redondas dedicadas ao debate “A Energia Eólica: Presente e Futuro”, o reforço da aposta na energia eólica em Portugal.

O autarca, que participava nas comemorações do Dia Mundial do Vento, promovidas pela APREN – Associação Portuguesa de Energias Renováveis, na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, defendeu ainda o ‘re-powering’ dos atuais parques eólicos com sobre-equipamentos, permitindo desta forma aumentar em poucos anos a atual potência instalada e assim diminuir a dependência dos combustíveis fósseis.

Na mesa redonda “A empregabilidade e o desenvolvimento regional”, o autarca de Viana do Castelo deu como exemplo o projeto da ENEOP – Cluster Eólico que se instalou em Viana do Castelo e que contribuiu para a criação de novos 1.200 postos de trabalho, tendo ainda gerado o aumento das exportações através do fornecimento de aerogeradores para várias partes do mundo, bem como o desenvolvimento do cluster de empresas associadas a esta indústria.

José Maria Costa congratulou-se ainda com as novas metas que o Governo assumiu no âmbito da descarbonização e da transição energética, valorizando projetos já existentes através da instalação de parques eólicos e apostando nas energias renováveis.

O edil vianense referiu ainda que Portugal está na liderança de muitos projetos inovadores na área das energias renováveis e que isso se deve à excelência da engenharia portuguesa e também aos centros de competências que foram sendo consolidados após a instalação dos primeiros parques e empresas ligados às eólicas.

Como um bom exemplo, o autarca referiu o trabalho que tem sido desenvolvido pela ENERCON em Viana do Castelo, que para além da construção de fábricas de aerogeradores, atrai também outras empresas de capital estrangeiros para o Alto Minho, criando uma maior atratividade do território e contribuindo para a coesão e competitividade regional.