A autarquia vianense e a Associação Empresarial de Viana do Castelo (AEVC) anunciaram hoje, que vão assumir os custos com as entregas de comida ao domicílio, quando a mesma é feita por duas empresas identificadas e que atuam no concelho.

“Para apoiar um dos sectores mais afetados nestes tempos de crise, estimulando a procura, em rigoroso cumprimento das regras e deveres emanados da declaração de estado de emergência, a Câmara Municipal de Viana do Castelo e a Associação Empresarial de Viana do Castelo assumirão, enquanto se mantiver a atual situação, o custo da  taxa de transporte  das Empresas de Delivery – “Mandabir”  e “Comer em Casa“ – que atuam no nosso concelho”, refere o comunicado conjunto.