São quinze as forças políticas que concorrem pelo distrito de Viana do Castelo. A encabeçar a lista está o Partido Socialista, cujo cabeça de lista é Tiago Brandão Rodrigues e a fechar, o Movimento Alternativa Socialista (MAS), que não concorreu em 2019 e avança com Maria Delfina Ferreira.

Na segunda posição do boletim aparece o Partido da Terra (MPT), que aposta num novo cabeça de lista, Hélder Pena, o Ergue-te(E), que concorre com Diogo Casanova como cabeça de lista, o Aliança (A), que estreia Alberto de Araújo Ribeiro, e o Chega, com Manuel Moreira.

A CDU(PCP-PEV) apresenta pela primeira a eleições legislativas o nome do deputado municipal em Caminha Joaquim Celestino Ribeiro, o partido Pessoas-Animais-Natureza (PAN) estreia Miguel Queirós e o Volt Portugal (VP) concorre com Camilo Vaz.

Na nona posição no boletim de voto consta o CDS-PP, que concorre com Joana Mendes.

O ex-presidente da Câmara de Valença, Jorge Mendes lidera, pela segunda vez, a lista do Partido Social Democrata (PPD/PSD).

A lista da Iniciativa Liberal (IL) é encabeçada por Maria Ivone Marques que, nas últimas eleições autárquicas, foi candidata pelo partido à Assembleia Municipal de Viana do Castelo, mas falhou a eleição.

No décimo segundo lugar do boletim de voto surge o R.I.R (Reagir, Incluir, Reciclar) que concorre com uma nova cabeça de lista, Diana Barros, o Livre (L) repete Filipe Faro da Costa, e o Bloco de Esquerda (BE) volta a concorrer com o Luís Louro.

Segundo dados da Secretaria – Geral do Ministério da Administração Interna (SGMAI), os 236.069 eleitores do distrito de Viana do Castelo vão eleger seis representantes para a Assembleia da República.