Mais 4,1 km de redes de drenagem de águas residuais e 4 estações elevatórias irão servir cerca de 552 habitantes de cinco freguesias do concelho de Caminha, beneficiando também a saúde pública e o ambiente.

Foi adjudicada no dia 14 de setembro a Empreitada de Expansão da Rede de Drenagem de Águas Residuais, no Município de Caminha. A execução deste projeto garante a expansão da rede de águas residuais nas freguesias de Seixas, Vilarelho, Venade, Vile e Vila Praia de Âncora, através da construção de 4,1 km de redes de drenagem de águas residuais e quatro estações elevatórias, servindo cerca de 552 habitantes/158 alojamentos.

O valor da empreitada é de 639.849,86 EUR e o prazo de execução é de 210 dias, sendo financiado no âmbito da candidatura POCI-07-62H1-FEDER-181422 / aviso 05/REACT-EU/2021, inserida no Programa Operacional Competitividade e Internacionalização, que visa a construção de infraestruturas de saneamento de águas residuais nos municípios de Arcos de Valdevez, Caminha, Paredes de Coura, Ponte de Lima, Valença, Viana do Castelo e Vila Nova de Cerveira.

Com a execução desta Empreitada em Caminha garante-se o devido encaminhamento das águas residuais para tratamento antes de serem devolvidas ao meio hídrico, proporcionando-se assim uma melhoria da qualidade de vida das populações, mais saúde pública e a preservação do meio-ambiente.