O cancelamento das principais romarias do Alto Minho vai representar uma perda de receitas na economia local na ordem dos 30 milhões de euros, segundo estimativas avançadas pelos presidentes de câmara de cinco concelhos. Os autarcas de Viana do Castelo, Ponte de Lima, Ponte da Barca, Arcos de Valdevez e Caminha, contactados pela Lusa, referiram […]
Para ler a restante notícia, deverá ser assinante do Aurora do Lima. Subscreva uma das assinaturas para ter acesso às anteriores edições do Aurora do Lima. Faça Log in ou assina já.