Amanhã, dia 28 de outubro, o Castelo de Sistelo recebe uma sessão de ‘networking’ que pretende debater a importância da ‘Slow Food’ e da valorização e promoção das produções locais.

A iniciativa é promovida pela Incubadora de Iniciativas Empresariais Inovadoras, In.Cubo, de Arcos de Valdevez e pretende dotar as empresas, e os empresários em nome individual, de mecanismos capazes de responder à procura do mercado.

A ação pretende ainda “alertar empreendedores e empresários para a importância deste setor, uma vez que se pretende trabalhar toda a cadeia, desde a origem do produto até ao consumidor”.

Arcos de Valdevez tem apostado nos seus produtos endógenos, como a carne da raça cachena e do feijão tarrestre, utilizado em um dos ex-líbris da gastronomia do concelho.