O Centro Cultural de Viana do Castelo é mais um ponto da “reserva estratégica” do município. Naquele espaço estão a instalar 100 camas para apoiar nesta situação de pandemia do novo coronavírus.

Esta é uma das novas medidas anunciadas pelo autarca vianense de combate aos efeitos da pandemia do novo coronavírus, que já está presente em todos os 10 concelhos do distrito.

O Serviço Municipal de Proteção Civil de Viana do Castelo, em articulação com o CODIS – Comandante Operacional Distrital da Proteção Civil e o presidente do Conselho de Administração da Unidade Local de Saúde do Alto Minho (ULSAM), preparou diversas ações e medidas de proteção para fazer face à pandemia do Covid 19, numa altura em que entramos na fase de mitigação, a mais grave e que predispõe a disponibilização de todos os meios possíveis para enfrentar esta pandemia.

Fonte da autarquia revela que “a Câmara Municipal vai continuar a salvaguardar o bem-estar e saúde de todos os vianenses, com especial atenção aos mais idosos”. Para isso, além da criação da “reserva estratégica” no Centro Cultural,vão disponibilizar testes a realizar nos lares, mediante prescrição médica,a  criação de espaços de confinamento profilático e ainda fornecimento de equipamentos de proteção individual.

No concelho vão ser criados sete espaços de confinamento profilático. Os centros náuticos e as sedes dos grupos folclóricos serão adaptados para aquela função.

O Município vai também entregar luvas e máscaras às Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS´s).