Amanhã, dia 08 de agosto, estão agendadas sete manifestações às portas de igual número de câmaras municipais do Alto Minho (Viana do Castelo; Caminha; Vila Nova de Cerveira; Valença; Paredes de Coura; Arcos de Valdevez e Ponte de Lima). O protesto está marcado para as 10h.

O protesto está a ser convocado por um grupo de cidadãos, que já iniciou uma petição online para o término daquela empresa, que iniciou a gestão de água em janeiro deste ano. Desde essa data já ocorreram dezenas de queixas, nomeadamente contra erros de faturação e em alguns concelhos contra o aumento do preço da água.

A razão para a manifestação é “a dissolução da empresa que abastece aqueles sete municípios”.

O mesmo grupo de cidadãos já protestara contra a AdAM através da “colocação de uma bandeira branca (toalhas ou panos) nas janelas ou portas de casas e estabelecimentos comerciais”.

O grupo garante que o objetivo é mostrar o “descontentamento de uma forma urbana, cívica e educada, cumprindo, todavia, a total defesa do bem-comum” de todos os “que considerem abusivos os valores faturados pela AdAM”.