Tal como aconteceu no resto do país, com a crise económica de 2008, o concelho de Viana do Castelo foi perdendo, não só população autóctone, por via da emigração jovem rumo a outros países da Europa, mais atrativos em termos de condições laborais e salariais, como também pelo retorno de alguns imigrantes aqui residentes para […]
Para ler a restante notícia, deverá ser assinante do Aurora do Lima. Subscreva uma das assinaturas para ter acesso às anteriores edições do Aurora do Lima. Faça Log in ou assina já.