A consulta pública do Plano da Orla Costeira Caminha-Espinho recebeu 355 participações. O número foi avançado por fonte do Ministério do Ambiente.

Segundo a nota enviada à Lusa, “no âmbito do período de participação pública sobre a proposta do Programa da Orla Costeira Caminha-Espinho [POC-CE] foram recebidas 355 participações”. Segue-se um período de análise das observações.

Fonte da tutela não especificou quais as entidades ou associações que apresentaram observações.

O documento esteve em consulta pública até 14 de dezembro e em novembro o  ministro do Ambiente e da Transição Energética, João Pedro Matos Fernandes, reuniu com sete autarcas da região Norte – Caminha, Viana do Castelo, Esposende, Póvoa de Varzim, Vila do Conde, Porto e Espinho.

O plano prevê a demolição de 34 edifícios. No distrito de Viana do Castelo estão em causa demolições nas freguesias de Afife e Castelo do Neiva.