A Deco alertou os consumidores para verificarem o prazo dos consumos cobrados pela Águas do Alto Minho (AdAM), avisando que, no caso de terem sido efetuados há mais de seis meses, pode ser invocado o direito de prescrição. À Lusa, a jurista da delegação Minho da associação de defesa do consumidor, Maria Antunes, explicou que […]
Para ler a restante notícia, deverá ser assinante do Aurora do Lima. Subscreva uma das assinaturas para ter acesso às anteriores edições do Aurora do Lima. Faça Log in ou assina já.