O Templo diocesano do Sagrado Coração de Jesus vai ser elevado, a 19 de junho, a Santuário.

“No dia 19, às 10h30, vai realizar-se a Eucaristia que inclui a renovação das promessas sacerdotais, bênção do óleo dos Enfermos e Catecúmenos e consagração do óleo do Crisma – “isto porque não foi possível realizar a celebração na Quinta-Feira Santa” e o dia ficará ainda marcado “pela assinatura do decreto de ereção canónica do Templo do Sagrado Coração de Jesus a Santuário Diocesano”, informa a Diocese em comunicado.

Para o dia 21 de junho estava agendada a peregrinação ao Sagrado Coração de Jesus, mas devido à Covid-19 não se pode realizar, no entanto a Diocese vai celebrar uma Eucaristia, às 11h, no Parque das Tílias.

O Templo foi projetado pelo arquiteto Ventura Terra e construído entre 1904 e 1959.

A peregrinação iniciou-se em 1918. A sua origem esteve numa promessa feita pela população para a proteção da região pela epidemia pneumónica que assolava o país naquela época.