A entrega de bens alimentares aos profissionais de saúde da Unidade Local de Saúde do Alto Minho (ULSAM) obedece a algumas recomendações. os interessados em entregar bens alimentares devem contactar, primeiro, o responsável pelo email: donativos.covid@ulsam.min-saude.pt.

No site da ULSAM, o Conselho de Administração deixa alguns conselhos e lembra que a alimentação saudável “não está de quarentena”.

“Sabemos que um estado nutricional e de hidratação adequados contribuem, de um modo geral, para um sistema imunitário otimizado e melhor desempenho profissional”, revela fonte da ULSAM. Acrescentando que “ajudar os profissionais de saúde é também evitar sair de casa, por isso organizemos calmamente as deslocações aos hospitais e centros de saúde, mesmo que seja para simpáticos donativos”, recomendando fazer sempre o contacto por email.

Sopas, saladas, frutas, oleaginosas (nozes, amendoins, cajus, amêndoas, …), lacticínios (leite, iogurte, queijo,…), chás e infusões são alguns dos alimentos pedidos para so profissionais de saúde.

“A ULSAM agradece, aos vários anónimos e empresas, que se têm associado a esta causa, com gestos de reconhecimento, confiança e carinho pelos nossos profissionais de saúde, através da oferta de géneros alimentares”, sublinham. Apelando a que antes de eftuar o donativo entre em contacto com o email acima mencionado para também “evitar o desperdício alimentar”.

“Alimentos embalados são os mais bem-vindos: sopas e saladas embaladas, frutas, snacks saudáveis de frutos desidratados, frutos secos/gordos/oleaginosas, bolachas simples, barras de cereais nutricionalmente equilibradas, leites e iogurtes MG, néctares e sumos 100% de frutas, eventualmente chocolates e gelatinas”, informam.