Os Agrupamentos de Escola de Arcozelo, Freixo e António Feijó estão entre as 50 escolas, do Programa Nacional de Promoção do Sucesso Escolar (PNPSE), que mais reduziram a retenção no biénio 2016-2018.

O PNPSE foi criado em 2016, através da Resolução de Ministros de nº23/2016.

Há um enfoque na Escola e em todo o seu contexto local; assim como envolver, na promoção do sucesso escolar, toda a comunidade educativa – designadamente: profissionais das escolas, pais e encarregados de educação, autarquias e instituições locais. Partindo deste princípio, as escolas envolvidas no PNPSE, desenvolveram estratégias para combater o insucesso, percebendo e reconhecendo – pormenorizadamente – as suas fragilidades. Foi trabalhando sob as mesmas que as escolas de Ponte de Lima supramencionadas conseguiram reduzir as taxas de retenção, a saber:

No 2º ano de escolaridade

  • As Escolas de Freixo, que no biénio 2014-2016 tiveram uma taxa retenção de 9,4% conseguiram reduzi-la a 100%, obtendo em 2016-2018 uma taxa de 0,0%;
  • As Escolas António Feijó, que no biénio 2014-2016 tiveram uma taxa de retenção de 2,9%, conseguiram reduzi-la em 78,8%, obtendo em 2016-2018 uma taxa de 0,6%.

No 5º ano de escolaridade

  • As Escolas de Freixo, que no biénio 2014-2016 tiveram uma taxa retenção de 4,3% conseguiram reduzi-la a 100%, obtendo em 2016-2018 uma taxa de 0,0%;
  • As Escolas de Arcozelo, que no biénio 2014-2016 tiveram uma taxa de retenção de 3,9%, conseguiram reduzi-la em 100%, obtendo em 2016-2018 uma taxa de 0,0%.

No 7º ano de escolaridade

  • As Escolas de Freixo, que no biénio 2014-2016 tiveram uma taxa retenção de 6,7% conseguiram reduzi-la a 100%, obtendo em 2016-2018 uma taxa de 0,0%;
  • As Escolas de Arcozelo, que no biénio 2014-2016 tiveram uma taxa de retenção de 11,3%, conseguiram reduzi-la em 100%, obtendo em 2016-2018 uma taxa de 2,3%.