A Resulima e o Município de Ponte de Lima reúnem esforços para desenvolver, a partir do mês de fevereiro, o Programa Ecovalor nas escolas do Município de Ponte de Lima.

Trata-se de uma iniciativa que prevê a sensibilização e educação ambiental junto da comunidade escolar e que tem como objetivo assegurar uma maior e mais informada participação da população, sensibilizando-a para a importância e necessidade da correta separação dos resíduos. As escolas são convidadas a aderir ao Programa Ecovalor que pressupõe a entrega de sacos e o correto acondicionamento dos resíduos de plástico/metal, que são, posteriormente, recolhidos pela Resulima.

Também os resíduos de papel/cartão podem ser separados e recolhidos pela Resulima para valorização. De realçar que a campanha prevê diversos prémios de participação para todas as escolas, conforme no Regulamento aplicável.

Esta é uma campanha integrada na estratégia de inovação social da EGF, acionista da Resulima, e conta com o apoio do Fundo de Coesão da União Europeia através do PO SEUR – Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos. De referir que esta campanha, associada a outras que têm ocorrido em toda a área geográfica da Resulima, permitiu obter, no ano de 2019 e comparativamente a 2018, um crescimento de cerca de 13%, nos quantitativos de resíduos recicláveis (papel/cartão, plástico/metal e vidro) recolhidos.

Pilhões

O Município de Ponte de Lima em parceria com a Resulima dotaram todas as escolas do concelho de Ponte de Lima com recipientes para a deposição de pilhas e acumuladores – Pilhões. Nestes é possível colocar as pilhas usadas dos comandos, lanternas, relógios, brinquedos, etc., bem como as baterias usadas dos telemóveis, computadores, ferramentas elétricas, máquinas fotográficas e de filmar, entre outras.

A reciclagem deste tipo de componentes tem essencialmente duas vantagens:

– A primeira tem a ver com o facto de só se poder reciclar aquilo que é recolhido seletivamente. Logo, ao incentivar a recolha seletiva estamos a diminuir significativamente o risco de deposição descontrolada das pilhas e acumuladores usados, e a prevenir a possível poluição que daí pode advir.

– A segunda vantagem é a da sustentabilidade. Reciclar significa recapturar materiais (no caso das pilhas, Manganês, Zinco, Aço e Carbono), que voltam a ser usados em processos produtivos, sem que seja necessário retirá-los da natureza (diminuindo por exemplo a necessidade de recorrer à exploração mineira para a obtenção dos mesmos). Na prática, reciclar significa não gastar tão depressa as reservas daquilo que é para nós precioso.

Recolha e reciclagem, o papel de cada um de nós. Coloque as suas pilhas e baterias usadas no Pilhão.

Sobre a Resulima

A Resulima é responsável pelo tratamento e valorização de resíduos urbanos de 6 municípios da zona do Vale do Lima e Baixo Cávado: Arcos de Valdevez, Barcelos, Esposende, Ponte da Barca, Ponte de Lima e Viana do Castelo. A Resulima serve cerca de 321 mil habitantes, numa área geográfica de 1.743 km2.