Têm-se registado descargas sucessivas da ETAR de Barroselas para um afluente do Rio Neiva. A situação acontece numa conduta existente a cerca de 200 metros da referida ETAR e/ou numa conduta a meia dúzia de metros da ETAR. A denúncia, enviada a diversas entidades, é feita por um leitor, Álvaro Queirós, que nos dá conta […]
Para ler a restante notícia, deverá ser assinante do Aurora do Lima. Subscreva uma das assinaturas para ter acesso às anteriores edições do Aurora do Lima. Faça Log in ou assina já.