A Federação Portuguesa de Futebol disponibilizou a Casa dos Atletas, na Cidade do Futebol, ao Ministério da Saúde, para funcionar como unidade de retaguarda para doentes que necessitem de internamento e vigilância médica, nas próximas oito semanas, como forma de aliviar a ocupação das enfermarias dos hospitais.

Após a visita de responsáveis do Ministério, o espaço foi ativado como unidade de retaguarda. A coordenação clínica e operacional desta unidade ficará integralmente a cargo da ARS de Lisboa e Vale do Tejo. A Federação Portuguesa de Futebol assegurará a cedência das instalações e a prestação dos serviços de alimentação e limpeza necessários à boa utilização do espaço.

“A FPF está segura de que esta decisão honra a sua história secular e deixa orgulhosos todos aqueles que vestem ou já vestiram a camisola das Seleções Nacionais”, explica fonte da Federação.