O filme “Sombra” gravado, em grande parte na cidade de Viana do Castelo já chegou aos cinemas portugueses, depois de ter estreado no Festival de Cinema Barcelona – Sant Jordi, onde recebeu o prémio de melhor obra.

A segunda longa metragem de  Bruno Gascon, depois de “Carga” (2018), tem como inspiração maior este trágico caso e é dedicado a Rui Pedro e a outras crianças desaparecidas em Portugal. “Sombra” apresenta um elenco de peso.

Ana Moreira, Tomás Alves, Vítor Norte, Ana Cristina Oliveira, Joana Ribeiro, Miguel Borges, Ana Bustorff, João Cabral, Lúcia Moniz, e até Sara Sampaio são alguns dos atores do elenco, cuja obra foi rodada na capital do Alto Minho, entre setembro e novembro de 2019.

“Neste filme conto a história de uma mãe que, apesar de todos os obstáculos que encontra, não aceita desistir de lutar para encontrar o seu filho de 11 anos, que desapareceu de forma misteriosa. O filme segue a história desta mulher e da sua família ao longo de quatro anos diferentes: 1998, 2004, 2011 e 2013”, explicou o realizador a alguns órgão de comunicação social..

Depois de Carga, filme de 2018 sobre uma vítima de tráfico de seres humanos, “Sombra” retrata o drama e a dúvida permanente que assolam a existência dos pais de crianças desaparecidas.

A autarquia vianense apoiou a produtora do filme. Para além da Câmara Municipal, são ainda parceiros a Viana Film Commission, a Associação Portuguesa de Crianças Desaparecidas, o Instituto do Cinema e do Audiovisual, a RTP, a Pic Portugal, entre outros.