O primeiro-ministro anunciou hoje algumas medidas a vigorar nos próximos quinze dias. Uma delas é o aumento das “ações de fiscalização do cumprimento do teletrabalho” nos concelhos com risco “muito elevado” de contágio.

António Costa anunciou ainda que será proibida a circulação entre concelhos nos próximos feriados, mais precisamente entre as 23h de 27 de novembro e as 5h de 02 de dezembro e entre as 23h de 04 de dezembro e as 5h de 09 de dezembro.

Foram suspensas as atividades letivas entre 30 de novembro e 07 de dezembro, para termos “um mês de dezembro o mais tranquilo possível”. O primeiro-ministro vai dar tolerância de ponto à Administração Pública nos dias 30 de novembro e 07 de dezembro e apela “às entidades privadas para dispensa de trabalhadores”.

Nos concelhos de “risco elevado”, onde há mais de 240 casos por 100 mil habitantes, vai manter-se a proibição da circulação na via pública entre as 23h e as 5h e serão aumentadas as ações de fiscalização do cumprimento do teletrabalho, que segundo o primeiro-ministro “não está a ser cumprido em todos os locais onde é obrigatório”. O uso de máscara nos locais de trabalho também passa a ser obrigatório.