33 funcionários da autarquia já aceitaram o desafio lançado pelo município e assumem a função de apoio ao setor social nesta altura de combate à pandemia do novo coronavírus, levando 52 cabazes a famílias referenciadas.

A Câmara Municipal tem disponível uma Linha de Apoio Social à população do concelho, num contacto permanente e direto com a equipa da Coesão Social da Câmara Municipal. Qualquer Munícipe pode contactar esta linha de apoio que estará em vigor enquanto for necessário, de segunda a sexta-feira, das 9h às 13h e das 14h às 17h, através do telefone 258 809 316.

Esta linha de apoio tem como objetivo disponibilizar, nesta fase da pandemia do Covid-19, informações que possam facilitar o dia a dia a todos os munícipes em situação económica frágil ou com alguma dúvida relativamente a apoios sociais.

A chamada é sempre atendida por uma técnica da área social do Município, que encaminhará a situação. Ou seja, e como exemplo, pode ser dado apoio em casos de famílias que vejam os seus rendimentos diminuídos devido a esta situação excecional; os agregados onde as crianças frequentem uma IPSS e neste momento não tenham retaguarda no que respeita a alimentação estão, por exemplo, a ser encaminhadas para as cantinas das escolas de referência do Município; auxiliando ainda pessoas de risco ou idosos que tenham dificuldade em fazer as suas compras diárias e outras situações excecionais.

A linha de apoio social foi também criada para evitar que os idosos saiam de casa, sobretudo atendendo a que na população idosa o risco de contágio da COVID-19 é mais acentuado.