A Fundação Gil Eannes foi recentemente distinguida com o prémio “Identitas Mare”, atribuído pela PricewaterhouseCoopers.

Os prémios Excelless Mare reconhecem a “excelência e o mérito de pessoas e entidades nas atividades do Mar”.

O júri do concurso considerou que “a Fundação Gil Eannes nasce no contexto da meritória ação dos cidadãos de Viana do castelo que resgataram da sucata o icónico navio Hospital Gil Eannes, construído nos Estaleiros Navais”. Fonte do organismo explica que “este emblemático navio iniciou a sua atividade como hospital em 1955, apoiando durante décadas a frota bacalhoeira portuguesa que atuava nos bancos da Terra Nova e Gronelândia”.

Após o resgate da sucata e o restaura, a Fundação Gil Eannes transformou-o em Museu, tendo sido visitado por mais de um milhão de pessoas desde a abertura.