Um homem e duas mulheres, com idades compreendidas entre os 30 e os 35 anos, foram identificadas pelo crime de contrafação, no concelho de Ponte de Lima. A operação foi desencadeada pelo Comando Territorial de Viana do Castelo da GNR.

No âmbito de uma investigação por contrafação que decorria há cerca de sete meses, os militares da Guarda apuraram que os suspeitos vendiam vestuário contrafeito, tendo sido realizadas três buscas domiciliárias, culminando na apreensão de 778 artigos de diversas marcas, com um valor de mercado avaliado entre os sete e os onze mil euros.

Uma das suspeitas, com antecedentes criminais pelo mesmo tipo de ilícitos, foi constituída arguida, e os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Ponte de Lima.