O Comando Territorial da Guarda Nacional Republicana de Arcos de Valdevez recuperou ontem, dia 06, peças em ouro furtadas em residências daquela localidade. No total, os valores situam-se entre os “cinco e dez mil euros”.

Em comunicado, aquela força explica que “na sequência de uma investigação que durou dois meses e que foi despoletada por um furto em residência em novembro de 2019” foram identificados dois suspeitos de 24 e 29 anos.

Na operação e dando cumprimento a dois mandados de busca, uma domiciliária e outra em viatura, os militares da GNR apreenderam 20 pares de brincos, 19 anéis, 15 pendentes, nove fios, oito pulseiras, seis relógios, quatro mosquetões e dois alfinetes.

Os suspeitos foram constituídos arguidos e os factos remetidos ao Tribunal Judicial de Ponte de Lima.