“O PSD e os vianenses tomam agora conhecimento, com estupefação, deste novo episódio em que um investidor se vê obrigado a exigir judicialmente a execução de um contrato, reclamando verbas que poderão ultrapassar insustentáveis 40 milhões de euros”. O comentário é da estrutura concelhia de Viana do Castelo do PSD, liderada por Eduardo Teixeira, a […]
Para ler a restante notícia, deverá ser assinante do Aurora do Lima. Subscreva uma das assinaturas para ter acesso às anteriores edições do Aurora do Lima. Faça Log in ou assina já.