A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal de Braga, deteve ontem os presumíveis autores de crimes de incêndio, furto qualificado e dano qualificado, ocorridos durante a noite de 02 para 03 de dezembro de 2020, numa freguesia do concelho de Ponte de Lima.

Dois jovens, de 23 e 20 anos, foram detidos “num quadro de vingança”. “Após terem entrado num estaleiro de obras que se encontrava vedado, introduziram-se num contentor de metal que servia de arrecadação e escritório, de onde furtaram vários materiais de construção”, expressa fonte da Polícia Judiciária (PJ).

Adiantando que “depois, derramaram um líquido inflamável no interior do contentor, e com recurso a chama direta, atearam fogo a esse líquido. Rapidamente as chamas se propagaram a todo o contentor, destruindo-o por completo. Com recurso a um objeto metálico, provocaram danos avultados numa retroescavadora que se encontrava parqueada no interior do estaleiro. A mesma ficou, igualmente, em risco de incêndio”.

As diligências subsequentes realizadas por esta Polícia permitiram a recolha e consolidação de substanciais elementos de prova, que conduziram à detenção fora de flagrante delito dos suspeitos, os quais vão ser hoje presentes às autoridades judiciárias competentes no Tribunal de Ponte de Lima, para interrogatório judicial e aplicação de medidas de coação.