A taskforce suspendeu a modalidade “casa aberta” na sequência dos problemas verificados ontem com um lote de vacinas da Janssen, em Mafra.

Em comunicado, fonte da taskforce explica que “tendo em conta a suspensão de um lote de vacinas da marca Janssen (…) e a consequente redução na disponibilidade de vacinas, foi decidido suspender de imediato a modalidade ‘casa aberta”. Através desta iniciativa era possível vacinar as pessoas com mais de 40 anos, inscritas nos centros de saúde, mas que ainda não foram vacinadas.

Recorde-se que ontem, em Mafra, alguns jovens desmaiaram após a toma da vacina. O lote da Janssen foi para analisar. As reações às vacinas da Janssen deste lote traduzem-se num número indeterminado de desmaios (síncope). A Autoridade Nacional de Medicamentos e Produtos de Saúde revela que não foram reportadas “suspeitas de defeito de qualidade deste lote noutros centros de vacinação em que o mesmo está a ser utilizado”.