Este sábado, dia 23 de outubro, o Movimento SOS Serra d’Arga vai organizar um novo protesto, na capital do Alto Minho, contra a exploração do lítio no território.

Em comunicado, fonte do Movimento informou que o protesto convocado para as 10 horas de sábado em Viana do Castelo, contará com a presença “dos presidentes das câmaras municipais de Viana do Castelo, Caminha, Ponte de Lima, Paredes de Coura e Vila Nova de Cerveira”. Participam ainda os “movimentos cívicos do Minho: Corema/Movimento pela Defesa do Ambiente e Património do Alto Minho, Em Defesa da Serra de Peneda e Soajo, Movimento SOS Serra d’Arga e Movimento SOS Terras do Cávado”.

Naquela nota de imprensa diz-se que vão marcar presença os “elementos das Juntas de Freguesia e compartes dos Baldios das cinco autarquias; membros de várias associações culturais; familiares e amigos de perto e de longe; e muita música e diversão, com a presença de vários artistas do Alto Minho, entre eles já confirmado Augusto Canário e amigos, Ranchos Folclóricos, bombos, gigantones, jogo de paus e alguns animais autóctones na serra (nomeadamente garranos)”.

O lema do protesto “O Minho unido contra as minas” pretende “ser uma demonstração inequívoca da oposição das gentes do Alto Minho à ameaça que paira sobre o nosso território”. “Juntos, pretendemos celebrar a vida, o património e a cultura da nossa região, e dizer aos que querem esventrar as serras do Minho que não queremos mais minas na região”.