Duas mulheres, de 19 e 30 anos, foram detidas no dia 13 de novembro, em Melgaço por alegado furto num estabelecimento comercial.

Em comunicado, a Guarda Nacional Republicana explica que “na sequência de uma denúncia em que duas mulheres se encontravam a furtar material de um estabelecimento comercial, enquanto este se encontrava em funcionamento, os militares deslocaram-se de imediato ao local, tendo intercetado as suspeitas em flagrante, quando estas iniciavam a fuga numa viatura”.

Na sequência das diligências foi possível apurar que enquanto as mulheres furtavam material de forma dissimulada, dois homens, de 23 e 18 anos, aguardavam no interior da viatura, no sentido de facilitar a fuga.

No decorrer da ação as mulheres foram detidas, e os dois homens identificados e constituídos arguidos, tendo ainda sido realizada uma busca ao veículo que culminou na recuperação do material subtraído, nomeadamente dois tablets, três garrafas de whisky, e diversos produtos de cosmética, alimentação, limpeza, eletrónica e vestuário.

As duas detidas foram presentes ontem, dia 14 de novembro, ao Tribunal Judicial de Melgaço, tendo sido lhes aplicada a medida de coação de apresentações periódicas semanais no Posto Policial da área de residência, sendo que aos dois arguidos lhes foi aplicada a medida de coação de termo de identidade e residência.