A Câmara Municipal de Viana do Castelo vai investir cerca de nove milhões de euros na criação de uma nova zona industrial. A Zona Industrial Alvarães Norte terá uma dimensão de 25 hectares e criará nove lotes. O projeto foi hoje apresentado pelo vereador do Desenvolvimento e Coesão Territorial.

Luís Nobre explicava, aos jornalistas, que a Câmara tem recebido “diversas solicitações” de investimentos e os outros cinco parques industriais do concelho já não tem capacidade para acolher mais empresas. Aquele responsável destacou que nos últimos sete/oito anos o Município investiu 20 milhões de euros na criação de espaços industriais e permitiu atrair investimentos na ordem dos 330 milhões de euros, que criaram mais de cinco mil postos de trabalho.

Esta nova zona industrial destina-se a acolher novos empreendimentos empresariais de algumas empresas vianenses que já manifestaram intenção de aproveitar novos financiamentos comunitários para a economia e competitividade bem como para criar novos projetos de âmbito nacional e internacional, tendo já contactado a Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal – AICEP e o Município de Viana do Castelo nesse sentido.

Luís Nobre reconhece que um dos objetivos desta nova área é fixar os jovens do concelho, mas também atrair outros de outras regiões. O vereador falou das preocupações da industrialização, que passa pela aposta na indústria inovadora e ambientalmente sustentável.