Na semana que ontem terminou (16 a 22 de novembro), no distrito de Viana do Castelo, a GNR deteve nove pessoas em flagrante delito. Destas, cinco por condução sob o  efeito do álcool, dois por furto em residência, um por detenção de armas proibidas e também um por extorsão.

No mesmo período apreendeu 12 doses de liamba, duas doses de haxixe, uma dose de cocaína, duas espingardas de caça, duas armas de fogo, uma caçadeira de canos serrados, uma carabina de ar comprimido, uma pistola de alarme, um revolver, uma arma de ornamentação, um carregador, uma faca de mato, uma catana e 349 munições de diversos calibres.

No trânsito, detetou 281 infrações, destacando-se 105 por excesso de velocidade, 42 por uso indevido do telemóvel no exercício da condução, 22 relacionadas com tacógrafos,17 por excesso de carga e 15 por falta de inspeção periódica obrigatória.

Seis condutores tinham taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei.

36 acidentes registados, destes resultou um morto, três feridos graves e 11 feridos leves.