O presidente da Câmara Municipal de Caminha recebeu esta terça-feira cerca de meia centena de pescadores de Caminha, Vila Praia de Âncora e Castelo do Neiva que se mostram indignados com o “tratamento desigual” dado pelos responsáveis do empreendimento eólico Windfloat Atlantic (WFA) às embarcações que pescam no local agora ocupado pela obras de construção […]
Para ler a restante notícia, deverá ser assinante do Aurora do Lima. Subscreva uma das assinaturas para ter acesso às anteriores edições do Aurora do Lima. Faça Log in ou assina já.