Um homem, de 66 anos, natural de Ponte de Lima, foi detido no cumprimento de mandado de detenção emitido pelo DIAP – Caminha, por suspeitas de prática de incêndio numa viatura e habitação.

No site da PJ lê-se que aquela força deteve “ontem o presumível autor de um incêndio em viatura automóvel e edifício habitacional, ocorrido na madrugada de 27 de dezembro de 2019, numa freguesia do concelho de Caminha”.

O incêndio, de origem dolosa, teve início numa viatura automóvel que se encontrava parqueada no logradouro junto à habitação, propagando-se o fogo a esta, causando danos consideráveis, existindo possibilidade de se propagar a todo o edifício.

Segundo aquela força, o sexagenário “atuou num quadro de vingança e perseguição, tendo utilizado um produto inflamável e chama direta para deflagrar o incêndio”.

O arguido foi presente à autoridade judiciária competente no Tribunal Judicial de Caminha, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de prisão domiciliária.