A Ponte Internacional Monção – Salvaterra de Miño vai ser requalificada num investimento de 700 mil euros para a construção de uma ecovia junto ao tabuleiro. Os dois países, através da Infraestruturas de Portugal e Infraestruturas e Mobilidade da Junta da Galiza, acertaram a partilha do investimento em partes iguais. De momento, inicia-se o processo para a efetivação de um convénio internacional.

De acordo com o trabalho técnico já efetuado, estima-se que os trabalhos de requalificação estrutural ascendam a 700 mil euros, cujo financiamento será repartido pelos dois países. Paralelamente, será projetada a ampliação da travessia, incluindo tabuleiro para bicicletas, unindo as ecopistas existentes nas duas margens.

Para António Barbosa, a reunião não podia ter corrido melhor: “assistiu-se a uma convergência de opiniões entre os responsáveis dos dois organismos que registo com enorme agrado. A intervenção é absolutamente necessária dada a acentuada afluência de veículos nos dois sentidos. O alargamento garante maior segurança aos ciclistas e potencia as vias verdes existentes nas duas localidades que, desta forma, passam a ficar unidas”

A Ponte Internacional Monção – Salvaterra de Miño, batizada com os nomes de João Verde e Amador Saavedra, em homenagem aos dois poetas raianos, foi inaugurada no dia 29 de março de 1995, comemorando, no próximo ano, as bodas de prata.

Segundo os últimos dados, a ponte é atravessada, diariamente, por mais de 9 mil veículos. Esta manhã, a televisão de Galiza esteve em Monção para recolher depoimentos sobre a importância deste investimento para a Eurocidade Monção – Salvaterra de Miño.