De hoje até ao dia 03 de maio, decorre a fase de resposta, via online, aos Censos de 2021. O acesso ao sítio web foi entregue pelos recenseadores em carta fechada durante as últimas semanas.

Para além do acesso ao sítio web é possível responder, por outras vias, nomeadamente, telefone, para grupos da população com maior dificuldade na resposta pela Internet ou impedidos de contacto presencial. E-balcão nas Juntas de Freguesia, mediante “condições de acessibilidade locais e em função da respetiva situação de saúde pública”. E ainda autopreenchimento dos questionários em papel entregues pelos recenseadores.

A “fase de conclusão dos Censos, a partir de 31 de maio, que a resposta resultará do contacto presencial dos recenseadores e apenas junto dos alojamentos que ainda não tenham respondido por outro modo”, esclarece fonte do INE. O organismo ressalva que foi delineado “um Plano de Contingência de forma a garantir a realização da operação censitária com qualidade e protegendo a saúde de toda a população”, explica.

O INE abriu um processo de recrutamento de 11 mil recenseadores, mas as candidaturas superaram alargamento o número de vagas. Foram cerca de 60 mil as candidaturas a nível nacional para esta operação estatística que passaram pelo processo de seleção pelas autarquias locais durante o mês de março.