A SIRSA – Sociedade Instrução e Recreio Social Areosense, que recentemente comemorou o seu 96.º aniversário, recebe no sábado, pelas 21h30, uma revista musical, organizada pelo Grupo Etnofolclórico RENASCER de Areosa e por antigos alunos e amigos da Escola de Música da SIRSA.

“Como eu vi a Sociedade…pelos olhos de Raul” é o nome da peça. Contando com humor algumas histórias do início da coletividade e invocando outros nomes de relevo que contribuíram para o crescimento e promoção nacional e internacional da SIRSA, a sua fundação, como foi o caso do maestro José Pedro e Paulo Cruz.

A orquestra ligeira composta por antigos alunos e amigos da Escola de Música da SIRSA, será dirigida por José Carlos Durães, também ele um dos antigos alunos da escola, e apresentará vários temas compostos pelo maestro José Pedro.

O grupo de teatro tem membros do Grupo Etnofolclórico RENASCER de Areosa, a encenação é de Miguel Cruz, neto de Paulo Cruz, e apresentará alguns textos antigos escritos pelo avô, que descrevem a Areosa daquele tempo.