O ator monçanense, Sérgio Quintana, participou ultimamente em vários projetos galegos e portugueses. A longa metragem e a série são galegas e a curta metragem é portuguesa.
“Olvido y León” é o nome da longa metragem, que foi realizada pelo cineasta Xavier Bermúdez, com quem o ator já tinha trabalhado noutro filme e com a sua produtora, Xamalú Filmes. O filme foi gravado em Ribadavia, Galiza. Para a TV Galicia gravou a comédia “Do dereito e do revés” .

A curta metragem “Para cá do Marão” é do cineasta português José Mazeda, e foi gravada na freguesia de Gralhas, em Montalegre. Conta também com a participação de Vítor Norte, João Lagarto e Adriano Carvalho.

Neste filme português, o ator monçanense interpreta a personagem do “Padre Fontes” que é toda “uma instituição, uma lenda viva. O Padre Fontes esteve presente nas filmagens e ajudou Sérgio a fazer de si próprio, o que deixou o nosso ator muito lisonjeado”, refere Sérgio Quintana.

Em maio estreia-se em Espanha a longa-metragem “La isla de las mentiras” da realizadora Paula Cons onde o ator também participa. O  filme é baseado em factos verídicos e conta a história de um naufrágio na Galiza e a história de três heroínas que conseguiram
salvar uma parte da população do barco.