A Unidade Local de Saúde do Alto Minho veio hoje a público esclarecer que “tem sido capaz de responder as necessidades de cuidados intensivos dos doentes críticos”. Nos últimos dias terão surgido, nas redes sociais, informações de que aquela entidade tinha pensado na possibilidade de transferir doentes críticos para o hospital daquela cidade espanhola.

“Até ao momento a ULSAM Unidade Local de Saúde do Alto Minho (Hospital de Santa Luzia)  tem sido capaz de responder as necessidades de cuidados intensivos dos doentes críticos, não tendo sido necessário transferir doentes que exigem este nível de cuidados”, refere fonte do Conselho de Administração. Garantindo ainda que “não tem conhecimento oficial da situação relatada [possibilidade de enviar doentes para Vigo]”.