O Banco Europeu de Investimento (BEI) concedeu um empréstimo de 60 milhões de euros à Windplus, subsidiária da EDP, Repsol e Principle Power, para o funcionamento, em Viana do Castelo, do primeiro parque eólico flutuante no mar. Conforme foi tornado público, além deste financiamento, entram nesta fase, num investimento de 125 milhões de euros, 29,9 […]
Para ler a restante notícia, deverá ser assinante do Aurora do Lima. Subscreva uma das assinaturas para ter acesso às anteriores edições do Aurora do Lima. Faça Log in ou assina já.