Hoje, na reunião na sede do Infarmed, o responsável pela Administração Regional de saúde do Norte disse o Viana do Castelo é “o distrito mais crítico neste momento”, no que se refere à transmissão comunitária do novo coronavírus.

Óscar Felgueiras informou que “apesar de ter uma incidência de 869, que aparenta estar dentro da média, a verdade é que o crescimento está a ser muito mais acentuado do que no resto da região”.

Aquele responsável manifestou que “é um crescimento muito acelerado e com a agravante de não ser um crescimento associado à faixa dos 80 ou mais anos. Ou seja, não está associado a surtos em lares. O crescimento dá-se na população ativa e configura uma situação de clara transmissão comunitária generalizada”.