Viana do Castelo foi palco do hastear das Bandeiras Green Destinations / Quality Coast Platina e Estação Náutica, que reconhecem a política de sustentabilidade promovida pelo Alto Minho. As bandeiras, içadas ontem, sinalizam o facto de, no ano de 2019, a região ter recebido aqueles galardões distintivos da qualidade do Alto Minho.

Recorde-se que o Alto Minho é uma das regiões destacadas com o selo QualityCoast, um programa que sinaliza, a nível mundial, um conjunto de regiões que partilha os valores de preservação e sustentabilidade ambiental, requalificação patrimonial, responsabilidade social e desenvolvimento sustentável do turismo. A região foi ainda destacada entre os 100 Melhores Destinos verdes do Mundo e, desde 2015, possui o galardão CETS – Carta Europeia de Turismo Sustentável, outorgado pela Federação Europeia de Parques Nacionais e Naturais – Federação EUROPARC aos espaços protegidos e/ou classificados que se comprometem a desenvolver um turismo de qualidade.

Esta iniciativa serve, assim, para dar um passo em frente na estratégia iniciada com o projeto Blueways que, nos últimos anos, trabalhou no sentido de valorizar e promover o turismo de natureza e os desportos náuticos no Alto Minho, num projeto cofinanciado pelo PO NORTE 2020.

A distinção reconhece a política de sustentabilidade e o trabalho das entidades do território rumo ao equilíbrio ambiental, bem como a excelência na gestão de destinos sustentáveis.

O presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo, José Maria Costa, marcou ainda presença numa mesa redonda dedicada a debater o “Alto Minho, sustentável por natureza – O papel do turismo náutico no destino Alto Minho”, a bordo do Centro de Mar, no navio Gil Eannes.

A mesa redonda contou também com a presença do Diretor Regional do IPDJ – Instituto Português do Desporto e Juventude, presidente do Instituto Politécnico de Viana do Castelo, coordenador da Fileira do Turismo Náutico da Fórum Oceano, vice-presidente da Entidade Regional de Turismo do Porto e Norte de Portugal e ainda com o secretário Executivo da Comunidade Intermunicipal do Alto Minho.