Até amanhã, sexta-feira, dia 25 de outubro, uma comitiva de 34 parceiros de 8 países europeus estão em Viana do Castelo para conhecer “boas práticas” das comunidades piscatórias. O acolhimento ocorreu a bordo do navio Gil Eannes.

Os parceiros do projeto de cooperação inter-regional CHERISH – Creating opportunities for regional growth through promoting cultural HERitage of fiSHing communities in Europe, cofinanciado pelo Programa Interreg Europe, visitam o Alto Minho e o concelho de Esposende, em Braga.

Os participantes são oriundos da Holanda (Município de Middelburg), Letónia (Riga Planning Region), Espanha (Conselho Insular de Malhorca), Grécia (Município de Kavala), Portugal (CIM Alto Minho), Chipre (Development co. Pafos Ltd.), Itália (Região de Abruzzo) e Alemanha (EUCC – Coastal Union Germany).

Este projeto visa contribuir para a melhoria das políticas regionais de desenvolvimento que protegem e promovem o património cultural das comunidades piscatórias, com o objetivo de reforçar a atratividade destas regiões para as empresas, cidadãos e turistas.

Durante o encontro, os parceiros vão ter a oportunidade de conhecer projetos e boas práticas do Alto Minho e Esposende ligadas às comunidades piscatórias, nomeadamente as tradições ligadas ao Navio Gil Eannes, as Conservas da Vianapesca e a recolha de sargaço em Castelo do Neiva, o Projeto AmareMar (Esposende), o Aquamuseu do Rio Minho (Vila Nova de Cerveira) e o projeto Lugar do Real – Aldeias de Mar (AO Norte).

O programa prevê ainda a realização de um workshop, no Núcleo Museológico do Sargaço de Castelo do Neiva, ligado aos saberes tradicionais ecológicos (Traditional Ecological Knowledge), durante o qual os participantes vão conhecer as tradições ligadas à recolha de sargaço, incluindo um “storytelling” sobre Maria do Céu, a sargaceira de Castelo do Neiva.