O Centro Cultural de Viana do Castelo acolhe, até domingo, a “ATLANTIC ALPEN-ADRIA, RUMO AOS 500 ANOS DO CORREIO EM PORTUGAL”, uma exposição internacional de filatelia que tem, este ano, como países convidados a Áustria, Croácia, Eslovénia, Hungria e Itália.

O evento, que conta com coleções filatélicas de elevadíssimo nível de Portugal e dos países convidados, é organizado pela Federação Portuguesa de Filatelia, com a cooperação da Associação de Filatelia e Coleccionismo do Vale do Neiva, da autarquia de Viana do Castelo e dos CTT.

O Coração de Viana, em filigrana, é o carimbo oficial da nova nota de zero euros com imagem da Praça da República que vai ser lançada durante a Exposição Filatélica. Foram já lançadas também pela Euro Souvenir Portugal, empresa detentora dos direitos da ‘nota souvenir’ em Portugal, cinco mil notas impressas com a imagem da Praça da República, que serão vendidas durante a exposição filatélica nacional, por dois euros. Após o evento, estará disponível a três euros, numa máquina automática que será instalada na Pastelaria Caravela, na Praça da República.

As ‘notas souvenir’ possuem as mesmas características de uma nota de euro verdadeira, como a marca de água, holograma, registo transparente, sistema de segurança e um número de série.Além da Praça da República, o distribuidor exclusivo da nota Euro Souvenir em Portugal desde 2017, vai ainda lançar, durante a exposição filatélica, as notas de zero euros do Caminho Português de Santiago. Serão ainda lançadas as notas de zero euros de azulejos e sardinhas, estas duas últimas desenhadas pelo artista francês Thierry Mordant, “conhecido por desenhar os selos para os serviços de correios de França” e que também marcará presença na Exposição Filatélica.